Prefeitura de São Sepé encaminha projetos de infraestrutura no BRDE

0
102


 

Com vistas na obtenção de recursos de fundos internacionais, a Prefeitura apresentou na quarta-feira, 11, projetos técnicos de infraestrutura no Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

O banco trabalha com recursos nacionais e internacionais, para financiar projetos de infraestrutura que contemplem melhoria de índices de desenvolvimento e atendam pautas de sustentabilidade.

O prefeito João Luiz Vargas, acompanhado do diretor do Escritório de Governo Gabriel Leão, e das técnicas do GAS (Gabinete de Assessoramento Superior) Letícia La Rocca e Janine Corrêa, participou de reunião com o diretor de planejamento Otomar Vivian, onde foram apresentadas as linhas de crédito que o banco trabalha.

Políticas de redução de consumo de energia elétrica, como geração de usina fotovoltaica e substituição da iluminação pública por LED, além um cronograma de obras de pavimentação e recuperação de prédios convergem com as diretrizes dos fundos de fomento que o BRDE trabalha e, por este motivo, João Luiz entende que os projetos serão aceitos. “Há uma série de investimentos que podem ser feitos com recursos internacionais, intermediados pelo BRDE, e o impacto para a população vem de forma imediata. Fizemos o estudo técnico e avaliamos que o custo mensal com iluminação pública pode cair pela metade, dos cerca de R$ 90 mil mensais pagos hoje, conseguimos economizar R$ 45 mil, isso é mais de meio milhão por ano”, disse.

Conforme o diretor Vivian, o BRDE tem como foco oportunizar investimentos nos municípios. “Um banco convencional, em geral, observa mais quanto lucra com suas operações. O BRDE, por ser um banco público de desenvolvimento, olha sempre pela viabilidade dos projetos das prefeituras. Se o projeto é bom e se paga, ao longo do tempo, o BRDE faz o investimento”, esclareceu Vivian.

A expectativa é que, em até 60 dias, a Prefeitura consiga aprovar os projetos, deixando-os em condições para captação de recursos. “Vamos estudar cada uma das políticas do banco, nossa ideia é bater o martelo nos casos em que o investimento feito pelo banco dê retorno rápido à comunidade, e que o custo consiga ser amortizado no tempo”, concluiu o prefeito João Luiz.

 

 

Informações: A.I. Prefeitura Municipal