Obino

Sessão da Câmara de São Sepé foi marcada por homenagens


 

A história da colonização italiana em São Sepé foi lembrada durante a homenagem ao músico Alex Casanova, proposta pelo vereador Lauro Ouriques (PPS) e entregue na sessão ordinária de terça-feira, 27. Sepeense, Alex faz parte do grupo gaúcho Mate Novo e também é uma das pessoas que faz o resgate histórico da localidade da Mata Grande, berço dos imigrantes italianos no município.

Emocionado com a moção legislativa, ele agradeceu o reconhecimento pelo seu trabalho através da música, o que já lhe rendeu prêmios em festivais nativistas, incluindo o Sinuelo da Canção Nativa, e lembrou a importância de preservar a história da localidade onde passou sua infância e vida. “Temos que cuidar da Mata Grande, os pais precisam contar as histórias aos filhos, temos que continuar trabalhando para que isto não se perca”, disse Alex.

O resultado depois de dias de trabalho no Encontro Esportivo das Prefeituras (Enespref) também foi motivo de reconhecimento por parte do vereador Renato Rosso (PP) que fez a entrega de uma moção para toda a comissão organizadora do evento. Entre os dias 14 e 18 de novembro, quase duas mil pessoas circularam no município, vindas de 22 cidades da região central. Foram realizadas diversas atividades esportivas em clubes da cidade, além do Pamade e Ginásio Municipal.

O CTG Índio Sepé foi a sede dos acampamentos das delegações. “Tivemos muito trabalho, foi cansativo, mas agora a gente percebe a grandiosidade do evento e só foi possível graças ao empenho de todas as pessoas que estiveram junto conosco nesta missão”, destacou Maricelda Rossato, representante da comissão.

O presidente da Câmara, Janir Machado, reafirmou a importância das homenagens entregues em plenário. “São momentos como este que a gente valoriza o trabalho das pessoas que se dedicam por nossa cidade”, finalizou o vereador.

 

Fonte: Câmara de São Sepé