Obino

São Sepé teve manifestação contra a reforma da Previdência


 

Fotos: divulgação

A sexta-feira, 14, em São Sepé, foi marcada por protesto contra a reforma da Previdência e contra o corte de recursos  na educação. Desde às 8h, os participantes estiveram reunidos na Rua Plácido Gonçalves, em frente ao Centro Cultural.

Com a participação de alunos, professores municipais e estaduais, membros da comunidade em geral e servidores, a mobilização teve adesão do Sindicato dos Municipários de São Sepé (SIMUSS) e do Sindicato dos Professores Municipais de São Sepé (SIPROMUSS). A agência do Banrisul teve expediente interno e não atendeu o público. A Inspetoria Veterinária de São Sepé também aderiu à paralisação e não teve atendimentos.

Em entrevista ao programa Espaço Livre da Rádio Cotrisel, a professora aposentada Amélia Cunha comentou sobre a mobilização desta sexta: “Eu já sou aposentada. O pessoal novo tem que estar aqui batalhando pela aposentadoria deles. Fiz todas as greves do magistério e nunca me arrependi disso, porque eu acho que se tu não lutar pelos teus direitos, que é que vai lutar?”, comentou.

Em frente ao Fórum da Comarca de São Sepé, servidores do Foro, Justiça Eleitoral e Ministério Público também protestaram contra a reforma da Previdência (foto abaixo).

 

 

Comments are closed.