SÃO SEPÉ IRÁ REALIZAR MOBILIZAÇÃO PELA DUPLICIDADE DAS BRS 158 E BR 392

0
459

No dia 1 de dezembro, São Sepé irá realizar uma mobilização pela duplicação das BRs 158 e 392, no trecho compreendido entre Cruz Alta e Rio Grande. As duas rodovias se conectam em linha reta, criando um corredor entre diversas regiões, conectando ao Porto de Rio Grande, que escoa toda a produção do Estado.

O trecho que precisa de duplicação da BR 158, sai de Cruz Alta, passa por Júlio de Castilhos, Itaara e Santa Maria, ligando com a BR 392. Já o trecho da BR 392 que precisa de duplicação sai de Santa Maria, passa por São Sepé, Caçapava do Sul, Santana da Boa Vista, Canguçu, chegando na cidade de Rio Grande.

A necessidade de duplicação das BRs 158 e BRs 392, nasce em função do grande número de caminhões e veículos que usam estas rodovias, levando a produção das principais regiões do Estado, para o Porto de Rio Grande. Diariamente um grande número de carga é transportada por caminhões de grande porte, que disputam espaços com outros veículos que viajam pelas rodovias.

Este trânsito intenso de veículos, somados ao peso da carga e as más condições das rodovias, fazem com que apareçam os buracos e com isso vem prejuízos e muitos sinistros de trânsito e mortes nas vias. O trecho entre Santa Maria, São Sepé e a BR 290, é um local onde frequentemente ocorrem acidentes, inclusive com morte.

A necessidade de uma mobilização pela duplicação das BR 158 e 392, nasceu de uma reunião entre o Prefeito João Luiz Vargas e o Presidente da Associação Brasileira dos Usuários de Rodovias (ABUR), Gerri Machado. No encontro ficou decidido que os gestores dos municípios por onde passam as BRs, seriam convidados a debater o tema no dia 1 de dezembro, em São Sepé.

O encontro acontecerá no dia 1 de dezembro, às 14hs, na Fundação Afif, na Rua Plácido Gonçalves, 1508, em São Sepé.

Sua presença é muito importante. Participe!