São Sepé ainda tem doses da vacina contra a gripe


Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

A campanha de vacinação contra a gripe já terminou, mas em São Sepé ainda restam algumas doses da vacina para a população que ainda não teve a oportunidade de ser imunizada.

Há doses da vacina disponíveis na Unidade Básica de Saúde do Centro. O horário de funcionamento da sala de vacinas é das 8h30min às 11h30min e das 13h às 16h.

O Posto do Centro funciona na Rua Percival Brenner, ao lado do prédio da antiga Caixa Estadual.

 

Confira abaixo algumas dúvidas sobre a vacina

 

Vou ficar gripado (a) após me vacinar?

Não. A vacina contra a influenza (gripe) é inativada, contendo vírus mortos, fracionados ou em subunidades, não podendo, portanto, causar gripe. Quadros respiratórios simultâneos podem ocorrer sem relação causa-efeito com a vacina.

 

A vacina contra a gripe causa algum efeito colateral?

A vacina usada na campanha contra a gripe é segura e bem tolerada. Em alguns casos, podem ocorrer manifestações de dor no local da injeção ou endurecimento. Além disso, as pessoas que não tiveram contato anterior com os antígenos – substâncias que provocam a formação de anticorpos específicos – podem apresentar mal-estar, mialgia ou febre. Todas essas ocorrências tendem a desaparecer em 48 horas.

 

Resfriado comum e síndrome gripal são a mesma coisa?

Não, o resfriado comum é uma infecção viral de sintomas mais brandos que a gripe e pode durar de dois a quatro dias. Também apresenta sintomas relacionados ao comprometimento das vias aéreas superiores, como congestão nasal, secreção nasal, tosse e rouquidão. A febre é menos comum e, quando presente, é baixa. Outros sintomas também podem estar presentes, como mal-estar, dores musculares e dor de cabeça.

A gripe é também uma infecção viral, que se caracteriza pelo surgimento de febre alta, cefaleia, dores no corpo, mal-estar, tosse seca, dor de garganta e coriza. Esse quadro pode perdurar por sete a 10 dias. A vacina contra gripe não imuniza contra resfriado.

 

Caso eu esteja gripado, é melhor esperar melhorar para me vacinar?

Sim. É importante melhorar da gripe antes de receber a vacinação para que, caso haja alguma complicação da gripe, esta não seja atribuída à vacinação. A vacinação deve ser adiada até o desaparecimento dos sintomas.

 

Quais as medidas de proteção para a população não vacinada?

Para se prevenir, as pessoas devem ser orientadas a tomar alguns cuidados de higiene como: lavar bem, e com frequência, as mãos com água e sabão; evitar tocar os olhos, boca e nariz após contato com superfícies; não compartilhar objetos de uso pessoal; e, ainda, cobrir a boca e o nariz com lenço descartável ao tossir ou espirrar.

 

Por que em alguns casos eu me vacino e fico gripado em seguida? Ou, se eu me vacinar e ficar gripado, significa que a vacina não foi eficiente ou que o vírus da vacina me pegou?

Trata-se de uma vacina inativada (morta), incapaz de gerar a doença. As pessoas que ficam gripadas após tomar a vacina, provavelmente adquiriram outras doenças respiratórias ou já tinham o vírus e a vacina não teve tempo suficiente de fazer seu efeito.

 

É necessário se vacinar todos os anos?

Sim. Todos os anos, a Organização Mundial da Saúde define qual deve ser a composição da vacina no Hemisfério Norte e no Hemisfério Sul. Eles fazem essa recomendação com base nas cepas de influenza que circularam nos anos anteriores. E mesmo que os vírus sejam os mesmos, a imunidade pela vacina se mantém por um período estimado de 12 meses.