Obino

Morador flagra descarte irregular de lixo em rua de São Sepé


 

Um problema constante e que afeta diariamente a comunidade segue prejudicando o meio ambiente. Nesta semana, o descarte irregular de lixo chamou a atenção de um morador na Rua Visconde do Rio Branco, no Bairro Kurtz.

De acordo com o morador, que pediu para não se identificar, o problema acontece há algum tempo e virou motivo de preocupação. Nem mesmo uma placa instalada no local (indicando multa em caso de descarte inapropriado) deixou que o lixo fosse depositado às margens do Lajeado do Moinho.

O que também chama a atenção é que há uma lixeira, mas ela parece ser ignorada por quem insiste em jogar lixo em qualquer lugar. Não é de hoje que situações como esse chamam a atenção na comunidade sepeense. Muitos locais são transformados em depósitos de lixo, seja em terrenos baldios ou em vias urbanas, mesmo com placas de advertência.

De acordo com o poder público, apesar da existência de legislação, a maior dificuldade está na fiscalização, já que para configurar a prática é necessário flagrar a irregularidade. Além disso, a falta de efetivo para monitorar as regiões da cidade também é considerado um desafio para o órgão.

As penalidades estão previstas no Código Administrativo do Município e também em legislação federal (Lei 9.605/98).