Casal diz ter caído em golpe no interior de São Sepé


 

Um casal morador da localidade de São Rafael, no interior de São Sepé, relatou ter caído em um golpe na última semana. Segundo relatos de um familiar, duas mulheres e um homem chegaram em um GM Onix prata na residência localizada no São Rafael, às margens da BR-392, na tarde da última sexta-feira, 8, se identificando como agentes epidemiológicos de combate à dengue.

“Na chegada uma mulher pediu água, enquanto minha mãe foi buscar entraram na residência as mulheres e o homem ficou escondido no quarto do meu pai. Quando meu pai viu que havia outra pessoa na residência, o homem colocava um spray atrás de quadros e móveis, acredito que na procura do que pudesse levar, enquanto as mulheres faziam perguntas ao meus pais para tirar-lhes a atenção. Entre as perguntas foi questionado quem morava na casa, se os cães eram bravos, etc. No entanto, acho que viram que possuía câmeras no exterior da residencia e ação foi rápida, levaram somente o dinheiro do meu pai sem que ele percebesse e saíram apressados dizendo já terem acabado o serviço”, conta a filha do casal.

Ela acredita que o trio que esteve na propriedade é experiente em tentar ludibriar pessoas de boa-fé. O caso foi registrado na Polícia Civil e as imagens das câmeras de segurança entregues à polícia. Segundo a filha do casal, o homem furtou da carteira do pai dela R$ 700,00. Ao deixar a propriedade, o trio deixou a porteira aberta. Toda ação durou cerca de 8 minutos.

Há relatos também de que o trio esteve na Vila Block no mesmo dia. Em uma das casas visitadas as duas mulheres conversavam com a moradora enquanto o homem ficava no interior da residência. De acordo com uma moradora da Vila Block, o veículo tem placas de Itajaí, Santa Catarina.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde, Cláudia Santos, os moradores devem ter cuidado com essa prática, já que os órgãos municipais e estaduais não cobram para atuar no combate à dengue e visitam as propriedades, quando necessário, em carros brancos e identificados.