Após 15 anos, Irmã Dalva Garlet deixa Colégio Madre Júlia

guilherme PPCI ok


irmã dalva garlet maju

Com uma mensagem de “um até logo”, a Irmã Dalva Garlet está deixando o Colégio Madre Júlia, em São Sepé. A instituição enviou nota em que a irmã agradece os 15 anos trabalhando na instituição. Dalva diz que levará boas lembranças, aprendizados e “cada um no coração”. A Irmã está indo para outra instituição, na cidade de Canoas, região metropolitana de Porto Alegre.

 

Leia a nota na íntegra

UM ATÉ LOGO!

Depois de 10 anos deixo o Colégio Madre Júlia. Aliás somando os 5 anos de épocas anteriores somam-se 15 anos de Maju, disto sinto uma imensa alegria, um grande orgulho. Terminei o meu ciclo, fiz o que pude, com carinho e generosidade, mas não deixo tudo pronto.

A vida é feita de partidas e de chegadas, de encontros e desencontros. Mas tenham certeza que deixar um povo que conhecemos, que aprendemos a amar é algo muito difícil, mas foi esta a opção que fizemos como Vida Religiosa. Posso garantir que levarei boas lembranças, muitas aprendizagens e sobretudo a cada um no coração, pois vocês são muito especiais para mim.

Agradeço a cada um e a todos pela acolhida, pela colaboração e ajuda.

Estou indo para outra missão em Canoas, sejam sempre bem-vindos, vou acolhê-los com muito carinho.

Peço que rezem por mim, e me comprometerei de rezar por todos.

É sempre um desafio sair de um lugar que já conhecemos e de onde se sabe todos os caminhos. Mas são os desafios que nos fazem crescer.

Fiquem bem, fiquem com Deus.

E tenho certeza que a vida continua tranquilamente.

Resumo estes 15 anos, especialmente esses últimos 10 anos em uma única palavra: GRATIDÃO. Gratidão a Deus, gratidão a cada um de vocês, gratidão a “Família Maju” e ao Povo Sepeense.

Muito obrigada, gente boa.

Irmã Dalva Garlet

 

 

Guilherme Motta