fbpx
30 / 06 / 2022
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesSuspeitos de furto a propriedade são detidos: um foge e outro é...

Suspeitos de furto a propriedade são detidos: um foge e outro é preso pela BM

IMG_6281

Mais uma propriedade rural foi furtada em São Sepé. Desta vez o fato ocorreu às margens da BR-392, na altura do Km 311, próximo a Encruzilhada, na madrugada desta terça-feira, 28. Momentos após o fato, a Brigada Militar prendeu um suspeito de ter participado da ação. O outro homem conseguiu fugir.

IMG_6284

De acordo com o filho do dono da propriedade um caseiro teria visto movimentação em um dos galpões. Logo que percebeu o fato o trabalhador entrou em contato com a família de Vilson Dotto, que comunicou a polícia. Do local foram levados pelo menos duas policorte, uma esmerilhadeira, uma plaina e uma motosserra.

Enquanto se deslocava para atender a ocorrência os policiais suspeitaram de dois homens que seguiam em direção a cidade em uma motocicleta. Ao tentar a abordagem o carona fugiu em direção ao mato nas margens da BR. Já o condutor, identificado como Mateus Carvalho Nascimento (conhecido como “Repolhinho”), disse que fazia apenas um serviço de moto taxi clandestino e que não possuía ligação com o furto. Apesar disso, Carvalho tem extensa ficha criminal.

IMG_6282

Também foi localizado um veículo abandonado às margens da via. O Del Rey teria sido usado na ação e estaria estragado próximo da Sanga Funda. O caso foi registrado na Polícia Civil que vai investigar as circunstâncias do fato.

Para o filho do proprietário fica a sensação de insegurança. “Temos propriedade na beira da estrada e não é a primeira vez que somos lesados por este tipo de gente. Trabalhamos sem parar para vir alguém e fazer isso”, desabafou.

 


Caso foi atendido pela Polícia Civil a menos de cinco horas de início de greve

O caso registrado por volta das 3h30min da madrugada recebeu atenção da Delegacia de Polícia a menos de cinco horas da promessa de paralisação da classe. Apesar do movimento, prisões em flagrante serão atendidas. Nossa reportagem conversou com alguns agentes que destacaram as tentativas de realizar prisões na cidade. A Polícia diz saber do anseio da comunidade e seus agentes relatam as inúmeras tentativas de prender figuras conhecidas na área criminal. “As pessoas muitas vezes falam sem saber do nosso trabalho e o que passamos diariamente. Não são poucas nossas tentativas de colocar fim a onda de furtos e roubos”, revelou um dos policiais. A classe pleiteia, dentre outras medidas, o não cumprimento das promoções previstas para este ano, o corte de pagamento de horas extras e o contigenciamento na Polícia.

IMG_6288

 

 

Mais notícias
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img