Mulher que teria levado tiros de ex-companheiro tem quadro estável de saúde

0
151

A Brigada Militar de São Sepé atendeu a uma ocorrência de tentativa de homicídio ocorrida no início da noite da sexta-feira, 14. De acordo com o boletim, Elisandra Schmidt Viera (conhecida como Guga) deu entrada no Hospital Santo Antônio com perfurações de bala pelo corpo. Após o incidente, ela foi transferida para o Hospital de Caridade, de Santa Maria.

Conforme relato dos policiais que atenderam o caso, a vítima teria dito, ainda no Hospital de São Sepé, o nome do ex-companheiro Diego Borba, (conhecido como Queixinho), como autor do fato. Foram realizadas buscas ao suspeito sem sucesso. Ainda de acordo com a BM, o acusado já teria sido denunciado por Lei Maria da Penha e outra tentativa de homicídio. Ele chegou a ser detido e encaminhado para o Presídio Estadual de São Sepé, mas estava em liberdade há algumas semanas.

A polícia também não soube informar o local onde o fato teria acontecido. De acordo com familiares, Elisandra apresenta quadro estável de saúde. As maiores complicações seriam em um dos braços atingido por alguns dos tiros.