fbpx
30 / 06 / 2022
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesMorre o professor de história Bussunda

Morre o professor de história Bussunda


 

A morte do professor de história Ederson Gaike da Rosa, conhecido e apelidado carinhosamente por “Bussunda”, causou comoção entre amigos, mas principalmente nos alunos que passaram pelas aulas do professor de 43 anos e que nesta sexta-feira, 20, pareciam não acreditar na notícia do falecimento.

Sempre muito alegre, Bussunda era carismático e querido entre os colegas, funcionários e alunos dos cursinhos por onde passou.

Nas redes sociais, a sexta-feira foi marcada pela publicação de dezenas de mensagens e a memória das aulas ministradas pelo professor. Bussunda tinha um jeito peculiar de contar a história aos estudantes e tinha um grande aliado: o humor.

Em São Sepé, o professor Fernando Vasconcellos lembra da participação de Bussunda no cursinho pré-vestibular desenvolvido no município sepeense: “Bussunda sempre foi um grande colega e professor. Nos conhecemos no projeto Mundo Edu, com aulas para internet, parceiro de ENEM e vestibulares, aceitou em 2019, a meu convite, fazer parte do Alquimia, cursinho preparatório de São Sepé. Com uma aula leve e com muito bom humor, marcou muitas vidas com a conquista de sonhos, por meio do ingresso no ensino superior”, destaca.

O professor de história trabalhava no Colégio Nossa Senhora de Fátima e Riachuelo Enem e Vestibulares, em Santa Maria.

O jornalista sepeense Pedro Corrêa foi aluno de Bussunda, e lembra da época em que frequentou as aulas de história: “Ele era uma pessoa incrível, um baita professor, era querido por todos. Ele conseguia resumir e deixar a disciplina de história interessante pra todo mundo. Tenho uma amiga que é engenheira e aprendeu a gostar de história por causa dele. Ele gostava de futebol, era brincalhão, um baita entusiasta da vida”, lembra o ex-aluno.

Informações preliminares indicam que Bussunda teria morrido de infarto, mas a causa da morte não foi divulgada de forma oficial.

Os atos fúnebres serão realizados no Complexo Velatório Angelus, na Avenida Hélvio Basso, a partir das 22h desta sexta-feira, em Santa Maria.

 

Mais notícias
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img