Clima deve favorecer cultura do arroz nos próximos meses

0
80

upload-20141022163026plantio10

Segundo informações do Instituto Rio Grandense do Arroz (IRGA), o produtor de arroz gaúcho deve aproveitar os próximos dias para acelerar o preparo do solo e os trabalhos no campo.

O momento mais crítico do clima para a safra de arroz deste ano, devido às chuvas intensas, que provocaram uma desaceleração no plantio, já deve ter ocorrido, aponta o meteorologista da Fepagro e consultor do Irga, Glauco Freitas. Segundo ele, neste final de primavera e no decorrer do verão 2014/2015, a cultura do arroz deve ser uma das mais beneficiadas.

Os últimos estudos realizados pelo meteorologista indicam uma tendência  de diminuição nos volumes médios de precipitação no Rio Grande do Sul no período do verão – de 1961 a 2013 – em épocas de El Niño Modoki com 401 mm, média climática com 404 mm e o El Niño 467 mm.

Em dezembro, há previsão de chuvas com volume dentro e acima da média, principalmente na Fronteira Oeste, Campanha e Zona Sul.  As chuvas devem ser mal distribuídas ao longo do mês, com volumes intensos concentrados em curto período de tempo.  Nas demais regionais, ficam dentro e abaixo da média.

Em janeiro, caso se confirme a condição de El Niño Modoki, o levantamento dos dados históricos e de alguns modelos, deve ocorrer pouca chuva, com boa incidência de radiação de onda curta, condições que favorecem o bom desenvolvimento das cultivares de arroz.  Em novembro, são esperadas temperaturas mais altas entre 1°C e 1,5°C que a normal climatológica na maioria das regiões do Estado. Dezembro e janeiro, grande possibilidade de ondas de calor intensas, deixando as temperaturas de 1,5°C e 2,5°C acima da média.

 

Foto: Divulgação / IRGA

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here