Caminhão que transportava 900 galinhas vivas é interceptado em São Sepé


Fotos: divulgação

 

Uma ação conjunta entre Inspetoria Veterinária do município, Vigilância Sanitária, Brigada Militar e Patrulha Ambiental (Patram) apreendeu 900 galinhas vivas e 240 dúzias de ovos que estavam sendo comercializados deforma irregular em um caminhão durante o final de semana. O veículo tem placas de Gravataí.

Após denúncias os órgãos de vigilância saíram em busca do veículo, que estaria comercializando os produtos em bairros de São Sepé. O caminhão foi interceptado já na localidade da Vila Block.

Os dois condutores do caminhão foram autuados por transporte sem Guia de Trânsito Animal (GTA), venda de produtos de origem animal sem inspeção, crime ambiental pela posse de aves silvestres e crime de maus tratos aos animais, pois as galinhas se encontravam em péssimo estado de saúde, sem água ou alimentação, em gaiolas superlotadas e quebradas que causaram a morte de algumas aves por esmagamento.

Conforme a fiscal agropecuária Ronise Depner, muitos ovos estavam com a casca quebrada e já em estado de putrefação. “Retirando esse tipo de mercadoria de circulação combatemos o comércio ilegal que traz tanto risco à sanidade animal e, principalmente, à saúde pública”, afirma.

As aves silvestres foram encaminhadas ao Mantenedouro São Braz, em Santa Maria. As galinhas e ovos também foram doadas à instituição para servir de alimento aos demais animais.

Além disso, um casal de pássaros silvestres também foi apreendido.

 

* com informações Supervisão Regional da Secretaria da Agricultura em Santa Maria

 

 

Comments are closed.