Crime em família? Autor de assassinato diz que teve ajuda do pai

0
68

Depois que Fabio Dias Santos, acusado de matar Enilda Neves da Silva teve a prisão temporária decretada pela Justiça, ele foi encaminhado para a delegacia e prestou depoimento.

Segundo o delegado João Gabriel Parmeggiani Pes, o acusado admitiu ter matado a vítima por sufocamento e disse ter enterrado a mulher próximo à residência. O indivíduo disse, em depoimento, que contou com o auxílio de seu pai de iniciais N.R.D. que, por sua vez, negou participação no delito. O pai do acusado disse ter presenciado o momento em que o filho enterrou o corpo de Enilda.

A Polícia Civil informou que outros detalhes sobre o caso seguem sendo investigados.

O homem que confessou o crime segue preso no Presídio Estadual de São Sepé. Ele estava em Santa Maria junto com os pais, no início da noite da última quinta-feira, 11, quando foi preso.

 

Foto: Divulgação / Polícia Civil