Vídeo: bebê é deixada no chão molhado chorando durante briga de casal


 

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Santa Maria instaurou um inquérito policial para investigar uma denúncia de maus-tratos contra uma bebê de 2 meses durante uma briga dos pais. Durante a discussão, a menina é largada chorando, no chão batido e molhado.

O caso ganhou repercussão em Santa Maria depois que um vídeo da cena foi filmada por vizinhos e postado nas redes sociais. Desde a tarde de quarta-feira, 8, quando aconteceu o fato em uma vila da Região Leste da cidade, o vídeo já teve mais de 400 mil visualizações e 3,3 mil comentários.

O caso, que mobilizou os vizinhos, chegou ao conhecimento da delegada da DPCA, Luiza Santos Sousa, depois do registro de ocorrência, na tarde de quarta-feira, pelo Conselho Tutelar e pela Brigada Militar (BM), que foram chamados ao local. Conforme a ocorrência, a bebê foi deixada pela mãe no chão molhado, enrolada em uma coberta, enquanto ela e o pai da criança discutiam.

O vídeo mostra que vizinhos tentaram intervir, já que a mulher carregava um facão na mão. As irmãs da bebê presenciaram a cena e tentam cobrir a bebê enquanto o casal discutia. Em determinado momento, um vizinho conseguiu retirar a bebê do chão e a entregou para uma vizinha, que colocou a bebê e as irmãs dela, que presenciaram a cena, para dentro do pátio de sua casa. A vizinha avisa a mãe das crianças que irá devolvê-las assim que a situação se acalmar.

Para não expor as crianças, o Diário não mostra a íntegra do vídeo nem o rosto dos pais, já que isso levaria à identificação e exposição das filhas.

Conforme a delegada, os conselheiros relataram que levaram a bebê para atendimento médico e que ela estava bem e saudável. Ao final da ocorrência, as crianças foram devolvidas para a família.

“O vídeo é chocante, mas ele é um extrato da situação familiar. Não temos como dizer agora que as crianças sofrem maus-tratos. O fato de o bebê ter sido deixado no chão, pode-se dizer que sim. Mas temos de ouvir a família e entender o contexto todo”, informou a delegada.

Conforme a delegada, os familiares ainda serão ouvidos.

 

Veja o vídeo

 

Fonte: Diário de Santa Maria