Vereadores questionam prestação de serviços da RGE Sul em São Sepé


 

A prestação de serviços da empresa RGE Sul tem sido alvo de fiscalização dos vereadores de São Sepé que relataram inúmeros casos de falta de energia elétrica no município. O líder do governo, Eto Vargas, protocolou um pedido de indicação cobrando maior agilidade na solução deste problema. De acordo com ele, na última semana, a localidade do Rincão dos Teixeira ficou dois dias sem luz.

Eto também destacou que o interior do município é a área mais prejudicada, já que a falta de energia ocorre com frequência. “É uma multinacional que aqui só arrecada tributos e não atende a contento seus clientes, estou encaminhando essa indicação para RGE que parece não ter nenhum interesse em trabalhar para o nosso município”, afirmou o vereador.

O presidente da Câmara, Janir Machado, lembrou que este não é um caso isolado. Em fevereiro, segundo o vereador, moradores do Bairro Kurtz ficaram um final de semana sem luz, depois que fusíveis de um poste caíram. O mesmo problema aconteceu recentemente no Alto do Posto e no Bairro Walter. Em todos os casos, o vereador contou que fez contato com funcionários da RGE na tentativa de solucionar o problema.

“Está acontecendo um mal atendimento e eu ligo para os funcionários e eles nos dizem, acabamos de receber aqui que já fizemos as horas extras do mês e só vamos atender segunda-feira, (na falta de energia no fim de semana) mas o que é isso, ligar um fusível, deixar as famílias sem luz todo este tempo, as pessoas deveriam ser atendidas melhores, gostaria muito que a gente encaminhasse alguma coisa direto a empresa por um melhor atendimento a nossa cidade”, afirmou o presidente, lembrando quando a concessionária começou a trabalhar em São Sepé.

“Como há muito tempo não se via, se passava nas ruas da na nossa cidade, muitos caminhões grandes com uma infraestrutura, trocando postes, o superintendente teve aqui na Câmara, nos colocou o investimento realizado”, disse Janir.

O pedido do líder do governo foi aprovado em plenário e será encaminhado a RGE Sul.

 

 

Fonte: A.I. Câmara de São Sepé