Obino

Vereadores de São Sepé avaliam demandas encaminhadas por estudantes


 

A visita do grupo de alunos do programa Jovem Aprendiz à Câmara motivou os vereadores a formarem uma comissão especial para discutir os pedidos que foram levados até eles. Em cartazes escritos a mão, os jovens expuseram os problemas enfrentados no município em diversos segmentos, através do “São Sepé que eu quero”.

Saneamento básico, por exemplo, foi uma das áreas mais abordada pelos estudantes que falaram sobre casos específicos em bairros da cidade. Segurança pública, esporte, educação e saúde também foram expostos problemas que dificultam o dia a dia dos moradores. Além destas áreas, outro ponto destacado foi a falta de espaço de lazer e cultura voltado aos jovens de São Sepé.

Baseados nestas informações, os vereadores se reuniram a fim de discutir os problemas abordados pelos alunos e analisar as demandas sugeridas por eles, já que em cada cartaz entregue tem a sugestão do “São Sepé que eu quero”. Uma das líderes da reunião, a vereadora Maria Silveira (Progressistas) destacou a importância de ouvir a juventude e saber o que eles tão pensando sobre o município. “Nossa ideia é levar a plenário projetos que possam ter origem através destas reinvidicações dos alunos”, destacou ela.

Animado com a participação dos jovens, o vereador Tavinho Gazen (PDT) reinterou seu pedido para que em agosto seja realizada a sessão plenária do estudante na Câmara. O objetivo é trazer alunos das escolas do município para participarem como vereadores de uma sessão ordinária. “Já protocolei na casa este pedido que foi aprovado e tenho certeza será muito importante a realização do mesmo”, disse o vereador.

 

 

Fonte: Câmara de São Sepé