Vereador questiona responsabilidade em ação judicial contra Sindicato


O vereador Tavinho Gazen (PDT) manifestou-se no espaço de Comunicações, na sessão da Câmara de terça-feira, 27, sobre uma ação judicial trabalhista que o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Sepé responde atualmente. Segundo o vereador, há alguns anos foi firmado convênio entre o Sindicato e a Prefeitura Municipal para que o maquinário da Patrulha Agrícola Rural fosse operado por trabalhadores do meio rural. Os operadores entraram com ações trabalhistas e o Sindicato foi condenado a pagar cerca de R$ 400 mil reais em encargos trabalhistas, por determinação da Justiça do Trabalho.

O vereador entende que a responsabilidade do pagamento dos encargos cabe à prefeitura, uma vez que o maquinário utilizado era do Poder Público. Segundo Tavinho, em audiência com o Prefeito, ele solicitou que a Administração intervisse no caso. “O Sindicato está prestes a perder seu prédio e seu patrimônio. Por questões técnicas ou jurídicas, o prefeito acabou dizendo não. Está havendo algo inaceitável. Não é possível o Sindicato fazer bingo para pagar uma conta que não é dele. O município, querendo, pode pagar”, avaliou.

 

 

Fonte: A.I. Câmara de Vereadores