Vereador Paulo Nunes (PSB) destaca falta de acessibilidade em São Sepé


A rotina de um cadeirante ao se deslocar exige muita paciência para superar os obstáculos. Para amenizar o problema, a Lei Brasileira de Inclusão (LBI), de âmbito nacional, determina a realização de adaptações em vias e espaços públicos, especialmente a construção de rampas de acesso. No entanto, o vereador Paulo Nunes (PSB), que é cadeirante, alerta para a falta de acessibilidade em diversos pontos do município. Durante uma reunião com a Associação Sepeense de Deficientes Físicos (ASDEF), Nunes relatou que muitos pedidos já foram feitos para que fossem realizadas as adaptações.

De acordo com o produtor rural Ronaldo Borges, que reside no interior de São Sepé, muitas dificuldades são encontradas quando ele precisa vir até a cidade. “Por falta de acessibilidade muitos afazeres ficam comprometidos”, afirma Borges. A presidente da Associação, Jocelia Neves, pediu que medidas sejam tomadas com urgência. “Não podemos mais esperar a boa vontade das pessoas que não se sensibilizam e não tomam providências”, ressaltou. O grupo solicitou ao vereador que ele protocole pedidos cobrando melhorias, para que a associação acompanhe de perto as soluções.

Paulo Nunes destacou que no ano passado, em visita ao fórum, notou que não havia rampas de acesso ao local. Ele então solicitou ao juiz na época, Tiago Tristão, adequações no prédio, que não atende as normas de acessibilidade. “O juiz acatou nosso pedido e encaminhou as demandas que já entraram no cronograma com previsão de conclusão até junho”, afirmou o vereador, que alerta sobre a importância do poder público dar o exemplo. “Protocolamos pedidos nos órgãos federais, estaduais e municipais, além do comércio e locais públicos da cidade, para que seja respeitada a lei”, disse Paulo.

Em vigor desde 2016, a Lei Brasileira de Inclusão, busca dar maior respaldo aos deficientes físicos. “Precisamos avançar nas políticas de acessibilidade e inclusão, a LBI foi sancionada há dois anos e pouco se avançou nos órgãos públicos que deveriam dar o exemplo para que a comunidade também tivesse essa atitude”, destacou o vereador, sobre um das suas principais bandeiras no mandato na Câmara.

 

 

Fonte: A.I. Câmara de São Sepé