Vereador Eto Vargas (PP) avalia mandato como presidente da Câmara em 2017


O vereador Eto Vargas (PP), que deixou o cargo de presidente da Câmara e agora ocupa a vice-presidência, ao lado de Janir Machado (PP), empossado na terça-feira, 2, fez uma avaliação do mandato durante o ano de 2017.

Para ele, o principal objetivo era atender as demandas da comunidade, tendo um diálogo aberto entre os parlamentares. “Tivemos um ano muito bom, de muitas conquistas, com um diálogo harmonioso na Câmara e também com a prefeitura, nos possibilitando trabalhar de maneira correta por nossa cidade”, disse Werther.

Durante o ano, diversas atividades foram propostas pela Câmara, entre elas as sessões solenes da Semana da Mulher e do Município, Medalha Professora Odeci Saldanha e Sepé Tiaraju, além de moções legislativas. Para Werther, as homenagens fazem parte do reconhecimento as pessoas e entidades que contribuem para o crescimento de São Sepé em vários aspectos.

“É importante destacar que todas as honrarias são previamente estudadas e apresentadas em plenário, depois de aprovadas são entregues e isto valoriza o cidadão de bem, as entidades de classe que fortalecem nosso município”, avalia o ex-presidente. Em março, no mês da mulher, a Câmara realizou ações alusivas a data, com jogos de bocha e futsal, além de shows e mateada na praça da Mercês.

 

Projetos em pauta

Werther também destacou a aprovação de alguns projetos importantes em plenário. “São matérias que melhoram a vida do sepeense, que atendem os pedidos da comunidade e por isto sempre tivemos o cuidado de estudar o projeto para depois discutir e aprovar”, afirmou.

Entre eles, está o que determinou o regime de plantão 24 horas nas farmácias de São Sepé. Embora a lei ainda não esteja em vigor, Werther acredita que a medida facilitará quem precisa de atendimento durante a madrugada, por exemplo. “A autoria deste projeto foi do colega Janir Machado que lutou pela aprovação e tivemos reuniões com os empresários do setor, discutimos bastante para que todos ficassem cientes da importância dos plantões para os sepeenses”, afirma Werther.

Projetos como a regulamentação da patrulha agrícola do município também estiveram na pauta das prioridades em 2017. A consolidação da legislação tributária foi um dos últimos projetos aprovados no ano, garantindo o fortalecimento da economia em São Sepé. “Nosso trabalho foi sempre dialogar com o Executivo que traz os projetos, explica a importância da aprovação e do impacto positivo que trará para a cidade”, destaca o vereador Werther.

 

Demandas da comunidade

Os pedidos de providência protocolados pelos vereadores na Câmara são na grande maioria demandas dos moradores que enfrentam problemas como buracos nas ruas, falta de iluminação, sinalização, entre outros. Ao todo, em 2017, foram solicitados mais de 170 pedidos pelos vereadores, durante as sessões ordinárias, que totalizaram quarenta reuniões semanais. Estes pedidos depois de aprovados, foram encaminhados as secretarias responsáveis, para que fossem atendidas as prioridades.

“O vereador quase sempre está na rua conversando com as pessoas e ouve muitas críticas, recebe elogios e estes pedidos é uma forma de atender nossos munícipes que querem melhorias em seu bairro, na sua rua”, justifica Werther, que já pensa no retorno aos trabalhos, depois do recesso parlamentar. “Vamos continuar empenhados em ajudar a comunidade, debatendo os projetos da Câmara, dialogando com todos os vereadores e buscando sempre o melhor para São Sepé”, finaliza o vereador.

 

 

Fonte: A.I. Câmara de Vereadores