Obino

Vereador aborda problemas relacionados ao homem do campo


O espaço do grande expediente ocupado pelo vereador Gilvane Moreira (PP), na sessão ordinária de segunda-feira, 25, serviu para ele expor dois dilemas enfrentados pelos produtores rurais do município: a falta de água e a revogação de uma lei federal que atinge a classe produtora.

Atualmente a prefeitura de São Sepé abastece famílias que não possuem rede de água potável em casas do meio rural. Com isto, um caminhão fornece o líquido para poder manter essas famílias em suas atividades no campo. No entanto, Gilvane destaca que a falta do recurso faz com que muitas pessoas desistam de morar no interior e se mudem para a cidade. Para que este problema receba maior investimento afim de ser solucionado, o vereador defendeu uma demanda presente na Consulta Popular, que é o programa de apoio e ampliação da infraestrutura rural em São Sepé, com a criação de poços artesianos, cisternas e micro açudes. “Devemos pensar que esses produtores tem que permanecer no campo para continuar produzindo o alimento e tendo sua renda evitando o êxodo rural”, destacou o vereador.

O segundo ponto abordado por ele na tribuna foi a lei federal nº13606 que deu aos produtores rurais uma bonificação aos bons pagadores. “Pela primeira vez se construiu um mecanismo legal que dava desconto para os produtores que pontualmente conseguiam pagar seu financiamento, sua terra, seu investimento, com desconto apesar de toda a crise que a agricultura enfrenta”, explicou Gilvane. Mas recentemente, o governo revogou os artigos 28 a 31 da lei que garantiam esse direito aos adimplentes. “Nós vamos seguir trabalhando de mãos dadas mesmo que o governo esteja de costas para o produtor rural”, disse ele.

Gilvane Moreira é presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e defende a bandeira da agricultura familiar na Câmara de Vereadores.

 

 

Fonte: Câmara de São Sepé