Unifra ganha status de universidade e passa a se chamar UFN


 

Em anúncio feito no site oficial nesta sexta-feira, 23, o até então Centro Universitário Franciscano (Unifra), confirmou a alteração do status da instituição para Universidade. A medida que já era aguardada está presente na publicação no Diário Oficial da União.

“Somos uma universidade de fato, mas agora por direito”, disse a reitora da nova Universidade Franciscana, UFN, expressou o sentimento de dever cumprido diante da missão em conduzir à instituição a esta condição de excelência. A reitora Iraní Rupolo vibrou em equipe com o momento, projetando a notícia da homologação oficial da transformação de centro universitário em Universidade como um ponto de partida, diante do compromisso histórico institucional assumido pela congregação com o Ensino Superior.

“Todos os profissionais e alunos que vivenciam ou vivenciaram a nossa comunidade acadêmica nesses mais de 60 anos de história devem estar orgulhosos hoje. Porque nosso trabalho não se resume em formar pessoas. Nós enquanto universidade criamos laços por meio da projeção de valores, saberes, responsabilidades, da ciência que estabelece a vida”, enfatizou Iraní Rupolo, ao ressaltar que a responsabilidade da UFN se avoluma com a titulação, mas que os fundamentos institucionais serão retroalimentados como impulso diante do objetivo de fazer mais e melhor.

Em relação a atuação universitária diante dos pilares de ensino, pesquisa e extensão a reitora Iraní Rupolo expressa que é uma oportunidade para a sociedade observara instituição diante do olhar de compartilhamento de ideias. “Respeitar conceitualmente uma universidade é se perguntar o que ela pode fazer com as partes e não pelas partes. Precisamos nos colocar entre os processos, diante de aspectos colaborativos, os quais impulsionam o desenvolvimento regional alinhado às nossas potencialidades e necessidades de nossa comunidade”.

 


Fases do processo de transformação em Universidade Franciscana

Abertura do processo no sistema e-MEC em Maio de 2016 – a partir deste momento foi realizado o preenchimento de formulários eletrônicos com uma série de informações institucionais que precisavam ser enviadas.

Após a primeira análise pela Secretaria de Regulação da Educação Superior, Seres, foi aberto novo formulário para preenchimento de mais informações da Instituição que perpassam as 5 dimensões de avaliação, citadas acima, realizado em outubro de 2016.

A fase seguinte foi da visita in loco pelos avaliadores designados pelo Ministério da Educação, processo ocorrido de 31 de julho a 02 de agosto de 2017.

Após o relatório dos avaliadores, o processo passou ainda por uma tramitação na Seres que deu parecer favorável no dia 17 de janeiro de 2018 e depois foi encaminhado ao Conselho Nacional de Educação – CNE.

O CNE avaliou o processo no dia 22 de janeiro de 2018 e deu parecer favorável a transformação do Centro Universitário em Universidade, sendo publicado no Diário Oficial da União, no dia 19 de fevereiro de 2018. Após este trâmite, foi encaminhado ao Ministro de Educação para assinatura da portaria de transformação em Universidade.

 

 

* com informações Assecom