Terapia Ocupacional: conheça mais sobre esta profissão


 

O Terapeuta Ocupacional trabalha com pessoas que apresentam alterações físicas, psíquicas, sociais e/ou educacionais que podem estar relacionadas com o rompimento da participação efetiva nas atividades cotidianas. Está habilitado a atuar em todas as faixas etárias, podendo inserir-se em grupos terapêuticos, bem como realizar atendimentos individuais.

Além disso, o Terapeuta Ocupacional tem seus estudos voltados para a prevenção, promoção e reabilitação da saúde, buscando autonomia, independência e qualidade de vida para seus pacientes.

 

Como um Terapeuta Ocupacional pode me ajudar?

Este profissional direciona seu olhar para o fazer humano; isto é, para todas as atividades desempenhadas pelas pessoas em seu dia a dia. As intervenções do Terapeuta Ocupacional estão voltadas para a reabilitação físico/motora, cognitiva, psicológica e social. Assim, objetiva minimizar disfunções ou distúrbios que dificultam ou impedem as pessoas de realizarem suas atividades de vida diária como alimentação, higiene pessoal, vestuário e locomoção. Além disso, este profissional está habilitado para elaborar adaptações que facilitem a autonomia e melhore o desempenho dessas atividades.

 

Alguns exemplos podem ser descritos

• Intervenção precoce para o público infantil;

• Acompanhamento escolar, destinando atenção para pessoas com dificuldades psicomotoras ou de aprendizagem, promovendo inclusão escolar;

• Adequação e reintegração ao mercado de trabalho;

• Reabilitação físico/motora para pessoas com sequelas, decorrentes de patologias neurológicas, traumas ou acidentes;

• Confecção e orientação para o uso de órteses, como dispositivos destinados a alinhar, prevenir, corrigir deformidades e/ou melhorar a função dos membros superiores do corpo, bem como outras tecnologias assistivas que facilitem o desempenho das atividades cotidianas;

• Reabilitação cognitiva, no que diz respeito à perda da memória, trabalha na prevenção e estimulação, principalmente com o público idoso, visando uma memória saudável para mantê-lo ativo e independente;

• Promover bem estar psicológico em pessoas com sofrimento psíquico, buscando estratégias que ressignifiquem o cotidiano, priorizando sempre os desejos do paciente.

Estas são algumas das contribuições do Terapeuta Ocupacional a fim de promover qualidade de vida a seus pacientes. Assim, havendo interesse em atendimento, ligue e agende um horário.