Suspeito de liderar ataque a bancos em São Sepé é reconhecido por testemunhas


Foto: reprodução/Ronaldo Bernardi/Agencia RBS

O suspeito de liderar o ataque aos bancos Sicredi e Banco do Brasil na madrugada do último sábado, 24, em São Sepé, foi reconhecido por testemunhas. André da Silva, de 49 anos, foi preso na manhã de quinta-feira, 29, no município de Vera Cruz, durante a “Operação Ghost” da Polícia Civil.

O indivíduo foi encaminhado à Penitenciária Estadual de Santa Maria (Pesm) após ser feito o reconhecimento na Delegacia Especializada de Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) de Santa Maria. Já foi solicitada a conversão da prisão temporária em preventiva. Isso se deve ao risco que o suspeito coloca à sociedade.

Segundo o jornal Diário de Santa Maria, a investigação apontou que Silva seria o homem flagrado pelas câmeras de segurança de uma das agências segurando pelo cabelo uma das reféns. No total, mais de 20 moradores foram usados como escudo humano na madrugada da véspera de Natal.

A Polícia Civil pleiteava a transferência do suspeito para a Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc).

 

 

Leia também

Polícia divulga foto de foragido que participou de assalto a bancos em São Sepé

Autoridades e membros das polícias pressionam Secretário de Segurança para mais investimentos no interior do RS