Sepeense Gustavo Pires assume como preparador físico da Chapecoense


Foto: divulgação

A legião de profissionais da região trabalhando na Chapecoense só aumenta. Agora, o preparador físico do Inter-SM na Divisão de Acesso deste ano, Gustavo Pires assume a preparação física do time sub-17 da Chape. Já estão lá o preparador de goleiros Vinicius Bandeira, no sub-15, e Jardel Zamberlan, preparador físico do sub-20.

Mais do que isso, o trio tem em comum a formação em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Maria, e as primeiras orientações na carreira no Estádio dos Eucaliptos, já que começaram na profissão no Riograndense.

Guto, como é conhecido, fez parte da comissão técnica de Vinicius Munhoz, chegando até a semifinal da Divisão de Acesso com o Inter-SM.O treinador teve o contrato renovado com o clube para 2018, mas o restante da comissão deverá ser formada pouco antes do início da pré-temporada. Além domais, Guto diz que a proposta catarinense era irrecusável.

“Foi uma situação bem repentina. Não esperava. Quando surgiu o contato, foi bem rápido, era algo inesperado. O pessoal já me conhecia, já tinha conversado com alguns diretores que tinham o meu contato, já que trabalhei em dois clubes aqui, mas nunca tínhamos entrado em negociação.Pediram referências minhas também para o Jardel e o Vinícius”, conta.

Em 2016, ele teve passagens pelo Barra, de Santa Catarina,onde subiu da 3 ª para a 2 ª divisão catarinense em uma campanha invicta.Antes, esteve no Metropolitano, time da primeira divisão de Santa Catarina,onde foi o preparador físico principal e atuou com Léo Moura, hoje no Grêmio, e Rafinha, ex-Flamengo. Agora, chega ao principal clube da sua carreira.

“Posso dizer que é um novo desafio, não vou mensurar como o maior, porque quando tu trabalhas em clubes do interior, menores, também é um desafio muito grande. A Chapecoense está sendo o principal clube da minha carreira. É um clube grande, de Série A, com uma estrutura muito boa e que disputa competições do mais alto nível”, avalia.

Guto chegou a Chapecó no último dia 12, mas assumiu a equipe sub-17 apenas nesta semana. Antes, esteve com o sub-15 no Campeonato Base Brasil, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. Na oportunidade, a gurizada da Chape foi eliminada nas quartas de final pelo Palmeiras.

 

 

Fonte: Diário de Santa Maria