Segunda etapa de vacinação contra febre aftosa teve início


Foto: divulgação/Fernando Dias

Começou na quarta-feira, 1º, a segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa no Rio Grande do Sul, se estendendo até 30 de novembro. Deverão ser imunizados bovinos e bubalinos de zero a 24 meses de idade, que, no Estado, somam aproximadamente cinco milhões de animais.

A meta da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação é chegar a uma cobertura vacinal superior a 90%. A primeira etapa, em maio, teve cobertura vacinal de 98,92% do rebanho.

Os produtores devem adquirir as doses necessárias para a vacinação do rebanho em casas agropecuárias credenciadas pela Seapi para a comercialização da vacina contra a febre aftosa. Após a aplicação da vacina, todos os produtores deverão comprovar a vacinação através da apresentação da nota fiscal de compra e declaração da quantidade de animais vacinados, por categoria, nas Inspetorias de Defesa Agropecuária da Secretaria.

O prazo máximo para a comprovação da vacinação é de cinco dias úteis após o término da etapa.