Programa Fomento Rural será tema de Dia de Campo em Formigueiro


 

Foto: divulgação

Nesta terça-feira, 5, um Dia de Campo será realizado pela Emater/RS-Ascar em Formigueiro, com o objetivo de apresentar à comunidade o Programa Fomento Rural (Fomento às Atividades Produtivas Rurais) do Plano Brasil Sem Miséria (PBSM) e também o Plano Socioassistencial executado pela Emater/RS-Ascar. O evento será realizado na localidade de Fundo do Formigueiro, na propriedade rural de Juares Vieira da Silva, a partir das 14h.

Para explicar o funcionamento e demonstrar os benefícios de ambos os planos, o Dia de Campo será dividido em três estações temáticas: Segurança Alimentar e Nutricional, Saneamento Básico e Investimentos do Programa Fomento Rural. Estas estações serão ministradas pelos extensionistas municipais da Emater/RS-Ascar de Formigueiro, Neusa Maria Pires Lorentz, Abel Gonçalves Dias e Jairo Oliverio Vieira Marques, com participação do anfitrião Juares Vieira da Silva.

De acordo com a extensionista Neusa Lorentz, o produtor rural Juares da Silva faz parte da Comunidade Remanescente do Quilombo Maria Joaquina e recebe Assistência Técnica e Social da Emater/RS-Ascar através do Plano Socioassistencial. O produtor faz parte também do Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais e, por isso, foi beneficiado com R$ 2,4 mil. Com o recurso, Juares diversificou a produção e investiu na criação de galinhas, produção de milho, horta doméstica, lavoura de mandioca e na aquisição de um triturador de milho.

“O Dia de Campo será baseado no que é produzido na propriedade do Juares, para mostrar o que ele conseguiu realizar depois do recebimento do benefício”, diz Neusa. A extensionista afirma ainda que haverá demonstração de receitas alimentícias, que podem ser feitas com o que é produzido na propriedade de Juares.

 

Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais

De responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais foi criado em 2011 como uma estratégia de inclusão social e produtiva das famílias rurais que se encontram em situação de pobreza extrema.

O público-alvo do Programa Fomento Rural é de agricultores familiares, assentados da reforma agrária e povos de comunidades tradicionais. Para participar, as famílias devem estar inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

O programa funciona através de repasses de recursos financeiros para aplicação em projetos produtivos rurais. Cada família participante recebe R$ 2,4 mil e, com este valor, deve desenvolver um projeto de estruturação da unidade produtiva familiar, através da compra de insumos e/ou equipamentos.

 

 

Fonte: Emater