Obino

Produtores de São Sepé já colheram 60 mil toneladas de arroz


 

Foto: arquivo/divulgação

O Instituto Riograndense do Arroz (Irga) divulgou nesta sexta-feira, 5, mais um balanço da safra 2019 no Rio Grande do Sul. Conforme os dados, os produtores de São Sepé já colheram 60.974 toneladas do grão.

De um total de 16.750 hectares previstos para esta safra, os agricultores sepeenses já colheram uma área total de 8.060 hectares (48,1%) até o momento, com uma produtividade média de 7.565 quilos por hectare.

O município de Formigueiro, que tem uma área total estimada de 8.791 hectares, já colheu 2.795 hectares (31,8%), com 21.382 toneladas e produtividade média de 7.650 quilos por hectares.

Já os produtores de Vila Nova do Sul, que neste ano pretendem colher um total de 170 hectares, já alcançaram até o momento uma produção de 755 toneladas, 102 hectares colhidos (60%) e produtividade média de 7.400 quilos por hectare.

 

Colheita no Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul já colheu 629.244 hectares de arroz da safra 2018/2019, alcançando 63,9% do total estimado de 984.081 hectares.

Até o momento, a produção é de 4.929.365 toneladas, com produtividade média de 7.834 quilos por hectare. Os dados são da Seção de Política Setorial do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), a partir de informações fornecidas pelo Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (Dater) e pelos Núcleos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Nates).

Como no último levantamento, a região mais adiantada do Estado é a Planície Costeira Externa, que registra área colhida de 86.236 ha (76,5%), produção de 637.460 toneladas e produtividade de 7.392 kg/ha.

A Planície abrange 28 municípios produtores de arroz. Algumas cidades da região já estão perto de terminar os trabalhos, como Cidreira (96%), Sapiranga (94,7%), Gravataí (94,4%) e Viamão (93,3%).

A Fronteira Oeste é a segunda mais avançada, com 215.292 ha (71,4%). A produção alcança 1.731.766 toneladas e produtividade, 8.044 kg/ha. Na sequência está a Zona Sul gaúcha, com 102.474 ha (65,8%). A produção nessa região está em 846.754 toneladas e alcança a melhor produtividade até agora: 8.263 kg/ha.

A Campanha colheu 86.902 hectares (61,9%), com 649.541 toneladas e 7.474 kg/ha de produtividade. Logo após está a Planície Costeira Interna, que registra 83.040 ha (59,9%), 634.165 toneladas e produtividade de 7.637 kg/ha. A região Central, por sua vez, apresenta 55.300 ha (40,9%) colhidos, produção de 429.679 toneladas e 7.770 kg/ha de produtividade.

 

 

* O Sepeense, com informações do Irga