Obino

Polícia prende suspeitos de atear fogo em adolescente em Santiago


 

A Polícia Civil prendeu dois suspeitos de envolvimento na morte de um adolescente, em Santiago, no mês de março. O corpo de Pablo Vinícius Moreira Garcia, de 16 anos, foi encontrado carbonizado no dia 14 de março, 11 dias depois do desaparecimento do adolescente. A reportagem é de Gaúcha ZH.

Conforme a Delegada Débora Poltosi, responsável pelo caso, a investigação levou a Polícia Civil até os dois jovens, de 20 e 18 anos. A suspeita é de que a motivação tenha sido o envolvimento com tráfico de drogas.

Poltosi afirma que os dois foram ouvidos, e um deles confessou ter participado da morte. O adolescente desapareceu na noite de 3 de março, e a hipótese é de que ele tenha sido morto nesta data. Não se sabe exatamente como Pablo foi morto. No dia 14 de março, moradores da região acionaram os policiais quando viram o corpo. Ele foi encontrado no mesmo bairro onde morava, próximo da casa da vítima. Os dois presos também moram no mesmo bairro.

A delegada afirma que há provas do envolvimento da dupla com a morte de Pablo, mas não revelou detalhes para não atrapalhar as investigações. Depois de ouvidos, os dois foram levados ao Presídio de Santiago. A Polícia Civil segue investigando o caso.

 

 

Fonte: GaúchaZH