Operação Viagem Segura no feriado de Aparecida terá reforço na fiscalização


 

A Polícia Rodoviária Federal, o Detran, a Polícia Civil, a Brigada Militar e o Comando Rodoviário da BM estarão mobilizados para que o feriado de Nossa Senhora Aparecida seja tranquilo no trânsito.

A 79ª edição da Viagem Segura se estenderá por cinco dias, da meia-noite de quarta-feira, 11, até a meia-noite de domingo, 15. Os detalhes da operação foram alinhados em reunião preparatória ocorrida em 29 de setembro, em Santana do Livramento, durante a 1ª Jornada de Trânsito do Mercosul. Na quarta acontece uma megablitz em Porto Alegre.

Foto: Pedro Belo Garcia/Especial Palácio Piratini

A análise dos acidentes fatais decorrentes dos feriados de Nossa Senhora Aparecida (2007-2016) mostra que a média de mortes foi de 6,7 por dia, menor que a média geral dos finais de semana, que é de 7,2 mortes por dia. No ano passado, o 12 de outubro caiu numa quarta-feira e a operação durou apenas 24 horas, quando 12 pessoas morreram. Essa foi a maior média de mortes por dia da série histórica, mesmo com o feriado caindo no meio da semana, o que diminui a possibilidade de viagens de longos percursos. Já em 2015, a operação se estendeu por quatro dias. Nesse período foram registradas 14 mortes em decorrência de acidentes de trânsito (contabilizando aqui o acompanhamento das vítimas até 30 dias após a ocorrência).

Nos últimos dez anos, 52% das mortes ocorreram em rodovias e concentraram-se nos dias de ida e nos intermediários, no turno da noite. Recomenda-se um cuidado redobrado nesses dias e horários. Os municípios que registraram maior número de vítimas fatais foram Porto Alegre com 17, Pelotas e São Leopoldo com sete e Novo Hamburgo e Gravataí com seis.

A ação soma os esforços da Polícia Civil e dos agentes da Balada Segura à Operação.

 

 

Fonte: Detran RS