Obra para conserto de vazamento irrita moradores em São Sepé


Uma situação tem irritado moradores e motoristas na região da Av. José Calil, em São Sepé, nos últimos dias. A obra para conserto de um vazamento próximo à Arrozeira Sepeense deixou um buraco, paralelepípedos soltos e cavaletes sobre a via durante vários dias.

Um morador disse que há cerca de 30 dias houve um vazamento de água na via. Segundo ele, a Corsan realizou o conserto, mas dias depois o problema voltou a ocorrer obrigando que um novo reparo fosse feito. Os moradores dizem que mesmo havendo o conserto do vazamento, o buraco na rua continua, assim como os cavaletes e as pedras soltas na via.

“Um carro já bateu em um cavalete de madrugada e atirou longe. Foi consertado, mas nem taparam o buraco e vazou de novo. Agora fica assim há dias”, relata o morador que há poucos dias uma máquina esteve no local, porém não tapou o buraco. Em função da obra motoristas que passam pelo trecho precisam desviar dos cavaletes e invadir o sentido contrário.

Procurada pela reportagem, a Corsan informou que ocorreram ao menos dois rompimentos de rede naquela região. Quanto à demora, a companhia informa que isso acontece por vários motivos. Entre as justificativas estão a alta demanda de repavimentações que a empreiteira responsável tem tido, a grande quantidade de umidade no terreno que faz com que a compactação de areia fique comprometida, ocasionando com que as pedras não fiquem firmes. Por estas questões, segundo a Corsan, a pavimentação fica sinalizada por alguns dias mesmo o buraco estando fechado e as pedras recolocadas.

Com relação aos vazamentos, a Corsan explica que entre as principais causas estão a tubulação antiga de cimento, muito trânsito, mudanças de temperatura e pressão da água, já que a companhia precisa deixar a pressão mais forte para que a água chegue nas partes mais altas do Bairro Kurtz.

A companhia espera que com a troca de redes e a instalação de um novo reservatório no bairro o problema não tende a se repetir. Uma reunião marcada para esta semana entre Corsan, Prefeitura e Câmara de Vereadores vai discutir a cedência do terreno ao lado da Capela Nossa Senhora Aparecida, no Bairro Kurtz, para instalação do reservatório.