O respeito à vida


 

Imprudência e irresponsabilidade são os principais motivos dos acidentes que ocorrem em nossas rodovias principalmente nos feriados e fins de semana. Essas tragédias causam muito sofrimento aos indivíduos lesados ou à família quando perdem entes queridos.

Motoristas imprudentes que não respeitam os limites da velocidade, as ultrapassagens indevidas e a desatenção pelo uso do celular, do álcool e da droga são as causas mais frequentes das mortes que acontecem no trânsito. E ainda, rodovias mal conservadas ou o cansaço de motoristas com o compromisso de chegar em determinado local para a entrega de produtos também podem ser outros motivos de acidentes.

Como consequência da irresponsabilidade dos condutores de veículo, com frequência, temos vítimas fatais. Há também situações em que os acidentados podem sofrer lesões físicas irreversíveis ou traumas psicológicos permanentes. Além disso, a família pode ter dificuldades financeiras quando as vítimas ficam inválidas ou quando necessitam de medicamentos caros. A saúde pública também é atingida financeiramente com a recuperação de acidentados.

Portanto, para diminuir a violência no trânsito, é necessário que haja mais fiscalização nas rodovias, multas mais severas para os infratores e também deve ser punido com mais rigor aquele que não respeitar a Lei Seca.
O governo deve também investir mais na conservação das estradas. Vidas só serão respeitadas se motoristas tiverem mais responsabilidade ao dirigir.

 

 

Redação elaborada pelo grupo de alunos que participam do projeto “ Produção Textual”, do Colégio Estadual São Sepé (CESS), orientado pela professora Norma.