Morre homem atingido por disparo em cima de residência em Santa Maria


 

Morreu, na manhã de domingo, 5, no Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), o homem de 38 anos atingido por um disparo de arma de fogo em cima de uma residência no Bairro Caturrita, na madrugada de sábado, em Santa Maria. O homem foi identificado pela irmã como Alan Vagner Valente de Barros.

A primeira ocorrência envolvendo este caso foi registrada no sábado na Delegacia de Pronto-Atendimento da Polícia Civil (DPPA) pela Brigada Militar. Por volta das 3h de sábado, os policiais militares foram chamados para atender um ferido na Rua José Barin. Barros foi encontrado caído do segundo andar de uma casa, socorrido e levado ao Husm. No hospital, constatou-se que ele havia sido ferido por um disparo de arma de fogo.

Depois disso, ainda no sábado, 4, uma equipe da Delegacia de Homicídios e Desaparecidos de Santa Maria começou a investigar o caso.

“Minha equipe foi até a casa e o dono contou que agiu em legítima defesa. Ele entregou a arma e colaborou com a investigação”, relatou o delegado da DHD, Gabriel Zanella, que vai instaurar um inquérito para investigar as circunstâncias da morte.

Na segunda ocorrência registrada na DPPA, os policiais civil relataram que o dono da casa informou que Barros estava tentando invadir a residência, e, por isso, ele atirou.

No domingo pela manhã, Barros acabou morrendo no Husm. Conforme a equipe de plantão da DPPA, um familiar de Barros, que fez o reconhecimento dele, informou que o homem estava desaparecido desde sexta-feira.

Este foi o 55º assassinato registrado neste ano em Santa Maria.

 

 

Fonte: Diário de Santa Maria