Obino

Mais três escolas são ocupadas por estudantes em Santa Maria

ppci - resfria - popular


Foto: Maiquel Rosauro

Foto: Maiquel Rosauro

A greve dos professores estaduais entra em sua terceira semana ainda mais forte. O Colégio Estadual Tancredo Neves, o Instituto de Educação Olavo Bilac e a Escola Maria Rocha são as novas instituições de ensino ocupadas pelos estudantes em Santa Maria. Também permanecem ocupadas na cidade Cilon Rosa, Augusto Ruschi e Margarida Lopes, além da Escola Bom Conselho, em Silveira Martins.

Os estudantes apoiam a greve dos educadores e também reivindicam melhorias no ambiente escolar e valorização na educação.

A greve dos professores do Estado foi aprovada na Assembleia Geral do CPERS, realizada em 13 de maio, em Porto Alegre. A paralisação segue por tempo indeterminado.

Na manhã desta segunda-feira, 30, centenas de professores, agentes educacionais e estudantes, da Capital e do interior, protestaram em frente ao Palácio Piratini. Segundo dados do CPERS, mais de 160 escolas estão ocupadas pelos estudantes.

Nesta terça-feira, 31, o Comando de Greve do CPERS irá reunir-se novamente com o secretário de Educação, Vieira da Cunha, e representantes do governo para cobrar propostas efetivas quanto a pauta de reivindicações da categoria. O CPERS espera que o secretário da Fazenda, Giovani Feltes, compareça a audiência, conforme compromisso assumido pelo governo logo após o término da Assembleia que decretou a greve por tempo indeterminado. Nas duas audiências já realizadas, o compromisso não foi cumprido.

Já em Santa Maria, nesta terça-feira, o 2º Núcleo do CPERS/Sindicato irá realizar uma Passeata Luminosa pelas ruas centrais da cidade. A concentração irá ocorrer a partir das 17h, em frente ao Instituto de Educação Olavo Bilac.

 

Confira o roteiro da Passeata Luminosa

Saída do Olavo Bilac em direção à Rua Niederauer. Em seguida, a passeata sobe a Serafim Valandro, dobra à direita na Venâncio e segue até a Rua Floriano Peixoto, onde parte para o Calçadão. Após atravessar o Viaduto Evandro Behr e a Praça Saldanha Marinho, a passeata desce a Avenida Rio Branco até a Rua dos Andradas, onde será feito o retorno que seguirá pela Rio Branco e Acampamento. No trajeto final, a passeata desce a Pinheiro Machado até a Rua Professor Braga, finalizando no Paradão em frente ao Senac.

 

 

* Maiquel Rosauro / assessoria de imprensa 2º Núcleo do CPERS/Sindicato – Santa Maria

 

Guilherme Motta