Luzes vistas por policiais no céu de São Sepé eram aviões, diz Base Aérea

ppci - resfria - popular


DW-2

O fato inusitado de que três policiais militares relataram terem visto duas luzes misteriosas no céu de São Sepé na noite de terça-feira, 29, ganhou repercussão nas redes sociais. Nesta quinta-feira, 31, o suboficial Silveira, do setor de Comunicação da Base Aérea de Santa Maria (BASM) informou ao jornal A Razão que as luzes vistas pelos policiais são, com certeza, aviões da Base.

O suboficial informou que não há registros de Objetos Voadores Não Identificados no céu do Centro do Rio Grande do Sul nesse dia. “Essas luzes indicam o tamanho da aeronave e sua localização”, informou ao jornal.

Silveira conta que, desde a última segunda-feira, 28, a Base Aérea e o Exército estão fazendo uma operação conjunta de artilharia antiaérea. O suboficial explica que estão sendo utilizados jatos em voos noturnos. Esses jatos contam com luzes de sinalização, de cores branca, azul e vermelha.

O suboficial Silveira descarta, contudo, que as luzes sejam do Vant modelo Hermes 900, o avião não tripulado da Base Aérea. O drone, que também tem luzes, não está sendo utilizado neste exercício militar. Em 2014, voos noturnos do Vant chamaram a atenção de moradores de Santa Maria, que ficaram assustados com as luzes coloridas no céu.

A operação militar conjunta segue até 8 de abril. Até lá, serão utilizados aviões, inclusive em voos à noite sobre Santa Maria e municípios da região. Na noite da última quarta-feira, 30, era possível observar as luzes dos aviões da Base Aérea cruzando o céu de São Sepé.

 

 

Guilherme Motta