Obino

Janir Machado defende aprovação de projetos importantes na Câmara


 

O presidente da Câmara de Vereadores de São Sepé, Janir Machado (PP) se manifestou na sessão ordinária de terça-feira, 24, durante a discussão da pauta dos projetos de lei 027 e 028/2018.

No espaço regimental, o vereador comentou sobre a necessidade de atender a demanda da matéria que autoriza a prefeitura, através da secretaria de Obras, a disponibilizar cascalho aos produtores rurais do município. O projeto tem sido bastante debatido na Câmara. Em maio, os vereadores acataram o veto do prefeito Léo Girardelo, que enviou para Câmara um novo projeto com alterações na lei.

Para Janir, o projeto é uma forma de solucionar um problema antigo que é deposição do resíduo em propriedades particulares do interior de São Sepé. Uma medida que pode ser enquadrada como irregular, mas que acontece a margem da lei. “Quando eu era secretário de Obras, um produtor me disse que estava apavorado pois não tinha estrada para escoar sua produção de leite, eu então consultei o código administrativo e vi que poderia colocar cascalho na entrada da sua propriedade, cheguei a vir na Câmara com documentos na época pois queriam minha saída da pasta”, lembrou Janir.

Na exposição de motivos do projeto enviado pelo Executivo, mostra que a finalidade é firmar uma parceria com os agricultores para a utilização do cascalho para recuperar as estradas como forma de apoio e escoamento da produção agrícola. “Nós tivemos uma safra difícil este ano, não tivemos estrada quando precisamos, por isso temos que ajustar certas coisas e agilizar o projeto”, destacou o presidente, sobre a importância da aprovação da matéria.

 

Diálogo com as farmácias

Janir também comentou durante a discussão da pauta, sobre o projeto 027/2018 que consolida o acordo de sistema de plantão 24 horas, de farmácias e drogarias de São Sepé. Segundo ele, a prefeitura buscou um diálogo aberto e justo com os proprietários de farmácias do município, para que firmassem um acordo que atendesse os estabelecimentos, sem prejudicar o trabalho que é prestado aos sepeenses.

“Vale a pena termos o plantão farmacêutico para atender as pessoas e essa reunião que o executivo fez foi a forma mais certa e o projeto está para ser votado com o acordo de todos os proprietários”, destacou o vereador, que falou também sobre a possível vinda de dois médicos pediatras para o município, para trabalhar no sistema de plantão, já que está é uma carência que há tempos vem sendo discutida pelo poder público. “Em breve vamos ter boas notícias com relação a este assunto”, finalizou Janir.

 

 

Fonte: Câmara de São Sepé