Homem investigado por pedofilia é preso em São Sepé por deserção do Exército

guilherme PPCI ok


preso desercao exercito

Um homem foi preso nesta quinta-feira, 28, pela Polícia Civil de São Sepé, por deserção do Exército. Conforme o delegado Antônio Firmino de Freitas Neto, o indivíduo ainda é investigado por pedofilia. Ao identificar o suspeito, a polícia descobriu que havia um mandado contra ele expedido pela Justiça Militar por não ter dado baixa após concluir por dois anos o serviço militar obrigatório.

O homem, que não teve o nome divulgado, foi preso no hospital Santo Antônio enquanto acompanhava um familiar internado. A Polícia Civil começou a investigar o suspeito depois que a mãe de uma menina de 11 anos procurou a polícia para relatar que a filha dela estava sendo assediada em uma rede social. A polícia encontrou fotos da menina seminua na página do suspeito e no celular dele.

Segundo o Código Militar, deserção significa a ausência do militar por mais de oito dias da unidade em que serve sem licença ou do lugar que deve permanecer. A detenção poderá ser de seis meses a dois anos. Caso seja oficial, a pena é agravada.

 

 

Guilherme Motta