Governo Federal emite nota oficial lamentando morte de Cleber Ouriques

O Governo Federal, através da Secretaria-Geral da Presidência da República, emitiu na tarde deste sábado, 28, uma nota oficial lamentando a morte do caminhoneiro Cleber Ouriques.

De acordo com a Agência Brasil, a secretaria ressalta que as propostas anunciadas esta semana após a reunião, em Brasília, entre representantes dos caminhoneiros, empresários e governo em Brasília são o caminho para a normalização das rodovias.

No encontro, o governo prometeu sancionar a Lei dos Caminhoneiros sem vetos, prorrogar por 12 meses o pagamento de caminhões por meio do Programa Procaminhoneiro e criar, por meio de negociação entre caminhoneiros e empresários, uma tabela referencial de frete. Nesse item, os representantes dos caminhoneiros pediram que o governo atue na mediação com os empresários.

 


Confira a nota:

“A Secretaria-Geral da Presidência da República lamenta a morte por atropelamento do caminhoneiro Cléber Adriano Machado Ouriques, na manhã deste sábado na BR-392, em São Sepé, no Rio Grande do Sul.

Ao mesmo tempo em que se solidariza com familiares e amigos, o governo federal reforça o compromisso e a disposição para que a normalidade volte às rodovias brasileiras”.