Governo do Estado quita salários de até R$ 1.500 nesta terça


 

A partir dos primeiros recursos do calendário mensal do ICMS, o governo do Estado quitou, ainda nesta terça-feira, 9, a folha de setembro para os servidores com rendimento líquido entre R$ 1.300 e R$ 1.500.

São cerca de 26,3 mil matrículas que se encontram nesta faixa salarial, para quem o crédito está disponível nos bancos desde o início desta noite. Com mais este depósito, a Secretaria da Fazenda chega a 103.632 vínculos com a folha em dia desde a virada do mês.

Para atender este grupo foram necessários R$ 38,8 milhões, recursos com origem na arrecadação de impostos sobre produtos que estão sujeitos à Substituição Tributária Interestadual. O pagamento da folha começou no último dia 28 (último dia útil do mês), quando houve o depósito para quem recebe líquido até R$ 1.300. Também houve o pagamento no mesmo dia da nona parcela já atualizada do 13º salário de 2017, bem como a indenização pelo atraso dos vencimentos de agosto.

A quitação dos próximos grupos de servidores está condicionada à arrecadação de ICMS ao longo dos próximos dias. A parte líquida da folha de setembro fechou em R$ 1,209 bilhão, sem considerar os valores das consignações. Ao todo, o Executivo contempla neste mês mais de 341,7 mil vínculos entre ativos, inativos e pensionistas.

 

FOLHA SALARIAL DE SETEMBRO – SERVIDORES DO EXECUTIVO

• Dia 28/9 – Até R$ 1.300 líquidos (78.310 matrículas) – R$ 82,7 milhões

• Dia 28/9 – 9ª parcela do 13º salário de 2017 – R$ 114,5 milhões

• Dia 28/9 – Indenização pelo atraso / folha de agosto – R$ 1,5 milhão

• Dia 2/10 – Quitação salários das fundações – R$ 25 milhões

• Dia 9/10 – Até R$ 1.500 líquidos (103.632 matrículas no acumulado) – R$ 38,8 milhões

 

 

Fonte: Sefaz