Encontro de Patrões definiu homenageado para festejos farroupilhas 2016

anuncios - materia


f21e265b-549c-4d23-85b4-2ab56b12bced

Uma reunião de Patrões definiu o nome que será homenageado durante os festejos farroupilhas 2016. O encontro ocorrido na última quarta-feira, 29, no CTG Coronel Chaneneco também detalhou inúmeras atividades voltadas as tradicionalismo para os próximos meses.

O homenageado será Nataniel Campos Pereira da Rosa. Ele é natural de Formigueiro, mas oa longo da vida construiu laços com as entidades tradicionalistas de São Sepé, em especial ao CTG Coxilha dos Índios, na Vila Block.

O próximo evento em que os tradicionalistas estarão reunidos acontece no dia 6 de julho, ocasião em que o município recebe o Revezamento da Tocha Olímpica. Parte do grupo irá fazer a recepção da tocha olímpica, tanto na cidade quanto nas margens da BR-392, na fazenda que abriga o Fogo de Chão.

 


Conheça mais sobre o homenageado dos festejos farroupilhas 2016:

 

Nataniel Campos Pereira da Rosa

Natural de Formigueiro, nascido em 21 de janeiro de 1940, com 76 anos de idade, filho de Figueiredo Pereira da Rosa e Zeli Campos da Rosa. Casado com Maria Guiomar Campos da Rosa, possuem quatro filhos: Glenio, Paulo Renato, Rosiméri e Paulo Rogério, oito netos e três bisnetos.

Nataniel, sempre foi homem ligado ao campo e às atividades campeiras. Após a prestação do serviço militar obrigatório, começou a trabalhar na Fazenda do Verde, seu primeiro e único emprego, até a aposentadoria.

Homem simples, com instrução primária, tem como principal característica a autenticidade e franqueza.

Iniciou sua participação no meio tradicionalista na Estância São João, propriedade do Senhor Homero Pires em Formigueiro, quando, naquela época realizavam encontros para tiro de laço e gineteadas, vindo mais tarde a participar do CTG Coxilha Verde.

Com o passar dos anos, o movimento tradicionalista ganhou força e as entidades tradicionalistas surgiam com muita força.

Foi então que em 20 de setembro de 1989 juntamente com um grupo de amigos, fundaram o Departamento Tradicionalista Coxilha dos Indios, ligado ao Clube Industrial Vila Block. Desde então, sua participação no movimento tradicionalista não parou mais. Sua propriedade na Vila Block tem sido ponto de apoio para inúmeras cavalgadas que buscam a centelha do Fogo de Chão, na Fazenda Boqueirão.

Em mais de uma oportunidade foi patrão do Departamento citado, capataz campeiro e patrão de honra.

Participou de inúmeros rodeios e reuniões representado a entidade, classificatórias municipais, regionais e Festa Campeira do Rio Grande do Sul, onde em 2012 foi campeão estadual de laço, na modalidade Vaqueano e em 2015 ficou em 2º lugar, na mesma modalidade, recebendo homenagem através de Moção da Câmara de Vereadores de São Sepé. Possui inúmeros troféus, nas mais diferentes modalidades.

Importante destacar também a homenagem recebida por sua esposa, Maria Campos, como destaque tradicionalista de São Sepé, por ocasião da Semana da Mulher, promovida pela Câmara de Vereadores, em 2009.

 

Guilherme Motta