Comandante da BM garante: operações vão continuar no município

guilherme PPCI ok

brezza


_MG_6415-2
O capitão da Brigada Militar de São Sepé, Alexandre Pires Lacerda, garantiu em coletiva de imprensa que as operações para a redução de casos de infrações de trânsito e perturbação do sossego vão continuar sendo realizadas no município. Ele esclareceu alguns dados da operação do último sábado, 27, e destacou qual a finalidade da inciativa.

Pelo menos 12 policiais de São Sepé e Formigueiro, além do POE de Santa Maria, participaram da ação. Foram 26 autuações, três recolhimentos de veículos e outros três termos circunstanciados, além de seis comunicações de ocorrência.

Lacerda destacou que o objetivo não é restringir a diversão dos jovens, mas sim buscar um meio termo para a situação. “O problema é que o direito de um está extrapolando o direito do outro. Os jovens podem e devem se divertir. Não queremos reprimir nem tirá-los dos locais. Só precisamos encontrar um meio termo entre a diversão e o respeito às leis” avaliou.

O capitão ainda disse que a operação estava sendo planejada quando foi recebido um abaixo-assinado de moradores das proximidades do Posto Marquezan, na Rua Sete de Setembro.

“Pedimos apoio da comunidade para que casos registrados como conduzir veículo sem portar CNH, transpor bloqueio policial, veículos com características adulteradas (motos sem espelho retrovisor, por exemplo) ou ainda motoristas sem CNH não voltem a acontecer ou, ao menos, sejam reduzidos”, exemplificou.

 


Segurança no interior

Lacerda ainda destacou que o serviço de patrulha rural deve voltar a ser realizado de forma plena. “Assim como já intensificamos a presença na área central para coibir crimes de roubos, por exemplo, vamos focar um trabalho na área rural também para levar mais segurança aos agricultores”, concluiu.

 

 

Guilherme Motta