Cerca de 550 crianças e adolescentes estão fora da escola em São Sepé


 

Uma campanha para incentivar o retorno de crianças e jovens para escola deve começar a ser desenvolvida em São Sepé. A medida está ligada a um movimento nacional liderado pela UNICEF, Instituto TIM, Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). Estima-se que 2,8 milhões de crianças e adolescentes de 4 a 17 anos estejam fora da escola no país.

O projeto foi apresentado pela secretária de Educação, Paula Machado, ao prefeito em exercício Kéio Santos. Participaram ainda o secretário de Saúde, Marcelo Ellwanger, e a secretária de Assistência e Habitação Social, Flávia Machado. O “Busca Ativa Escolar” é uma plataforma que ajudará o poder público a identificar os casos e tentar a reaproximação do aluno com a instituição de ensino. A evasão escolar também gera impacto econômico, já que os valores repassados por programas do governo são baseados no número de crianças e jovens matriculados na rede de ensino.

No município sepeense cerca de 550 crianças estão fora da escola. Pouco mais de 85% do público está na área urbana. Segundo a secretária Paula, o objetivo é tratar caso a caso para tentar reinserir a criança ou o jovem na escola.

O programa ainda vai trabalhar com metas e nas próximas semanas devem ser definidas ações junto de apoiadores. Os casos poderão ser acompanhados pelo site do Busca Ativa Escolar clicando aqui.

 

 

Fonte: A.I. Prefeitura de São Sepé