Candidatos que irão fazer o Enem devem ficar atentos ao horário das provas


 

Faltam poucos dias para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). E de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), mais de 7 milhões de estudantes estão inscritos para realizar as provas nos dias 5 e 12 de novembro.

Com o horário de verão em vigor desde o dia 15 de outubro, os estudantes do Nordeste e Norte, principalmente nos Estados que têm uma diferença de fuso maior em relação à capital federal, deverão ficar atentos para não perder a prova.

 

Horários

12h – abertura dos portões

13h – fechamento dos portões

13h às 13h30min – procedimentos de segurança na sala de prova

13h30min – início das provas

19h – término das provas em 5 de novembro

18h – término das provas em 12 de novembro

Foto: arquivo/Marcos Santos/USP Imagens

A nota do Enem é utilizada pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), também por instituições de ensino superior e por iniciativas do Governo Federal como o Programa Universidade Para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Entre os requisitos avaliados, o candidato tem que tirar nota igual ou superior a 450 pontos, não ter zerado a redação, além de atender aos critérios socioeconômicos dos programas. Portanto, ter um bom desempenho na prova é meta para diversos estudantes que desejam ter um diploma universitário.

Aqueles que não conseguiram se inscrever para fazer a prova do Enem, ainda tem uma alternativa de ingressar no ensino superior com bolsa de estudo, por meio de programas de iniciativa privada, como o Mais Bolsas, que facilita o acesso de jovens e adultos através de vagas para cursos de graduação e pós-graduação, com descontos de até 50% nas mensalidades das melhores universidades particulares do país.

A inscrição é gratuita, simples, feita no site oficial do programa www.maisbolsas.com.br, lá consta a relação das instituições, cursos e valor das mensalidades já com o desconto da bolsa. Em caso de dúvidas, o interessado pode entrar em contato com a central de atendimento, nos telefones 4007-2209 para capitais e regiões metropolitanas ou 0800 002 5854 para demais localidades.