Obino

Caminhão passa com caçamba erguida e derruba pórtico em Agudo


 

Uma situação inusitada deixou, por quase sete horas, o município de Agudo, na Região Central, com o seu principal acesso interrompido. Isso porque um caminhão, com placas do mesmo município, passou com a caçamba erguida por debaixo do pórtico e, com isso, parte da estrutura — que fica no entroncamento da RSC 287 com a 348 — foi derrubada. Ou seja, das 3h30min até as 10h30min deste sábado, 15, nenhum veículo conseguiu acessar ou sair do município de pouco mais de 17 mil habitantes.

Conforme a Polícia Rodoviária Estadual de Novo Cabrais, que atendeu a ocorrência, o caminhoneiro afirmou que não percebeu que estava com a caçamba erguida. O homem, que não teve a identificação revelada, não sofreu ferimentos, foi submetido ao teste do bafômetro que não apontou ingestão de bebida alcoólica.

Segundo o secretário de Infraestrutura, Obras e Serviços de Agudo, Claírio Dutell, a previsão é de que a liberação total do trânsito ocorra até o fim da tarde de sábado. Enquanto isso, o acesso ao município se dá por meio de uma estrada do Interior. Ele explica que o acesso ao pórtico conta com placas de sinalização e iluminação.

Duttel reforça que a falta de atenção do caminhoneiro irá sair cara aos cofres do município. Ainda que não tenha, neste momento, como precisar valores, ele afirma que será preciso “refazer todo o pórtico”. Ao longo de toda a manhã, servidores da prefeitura trabalharam na remoção do que restou da estrutura.

“Desde que foi removido o caminhão, as nossas equipes trabalham para fazer o corte da estrutura. Acreditamos que, ao fim dessa parte, será possível fazer a retirada total do que sobrou do pórtico”, diz o secretário.

A obra foi construída há 20 anos em parceria, à época, com o Rotary do município. Agora, a prefeitura estuda a possibilidade de firmar parcerias com a iniciativa privada frente às restrições orçamentárias.

 

 

Fonte: GaúchaZH