Obino

Cachoeira do Sul sediará abertura oficial da colheita de nozes


 

Na quinta-feira, 21, na sede do Sindicato Rural de Cachoeira do Sul, no parque da Fenarroz, aconteceu uma reunião com autoridades, lideranças e segmentos ligados ao setor da produção de nozes, em especial da pecanicultura.

O objetivo central do encontro foi a definição da abertura oficial da colheita de noz pecan, em 2019, que terá como sede Cachoeira do Sul. Os movimentos para essa decisão começaram ainda no ano passado, resultando na abertura da colheita, que foi em Anta Gorda esse ano.

Em maio de 2017 foi criada a Câmara Setorial da Noz Pecan, ligada à secretaria de Agricultura do Rio Grande do Sul. Da câmara, originou-se o movimento Pró-Pecan, que tem por foco a promoção e divulgação da cultura, bem como, a realização de eventos da área. Exemplo disso é o Seminário Regional e o Simpósio Sul Americano da Noz Pecan, realizado a cada dois anos, intercalando com o seminário e tendo como promotores prefeituras, Embrapa Clima Temperado, secretaria de Estado da Agricultura, Emater-RS/Ascar, com apoio de universidades e ministério da Agricultura.

Cachoeira do Sul representa hoje a maior área de plantio da cultura no país, desenvolvendo e fomentando a produção da noz, que também está em crescimento no mercado internacional. A ideia é de que o simpósio possa ser
realizado no Brasil, mas também, no Uruguai e na Argentina.

O enfoque na abertura oficial será no conhecimento, por meio de palestras, detalhamentos e mostra de máquinas e implementos. A provável data será nos dias 19 e 20 de abril de 2019. A programação abrangerá um dia com demandas teóricas e outro com práticas, e, ainda está sendo avaliada a possibilidade de uma mostra científica com apresentação de pôsteres e explanações.

A Paralelo 30 marcou presença na reunião e aproveitou o momento para divulgar seu próximo dia de campo, que ocorrerá em 4 de maio de 2019, junto ao seu pomar, em Cachoeira do Sul.