Alunos do Ciep desenvolvem a prática de um Júri Simulado

guilherme PPCI ok


juri simulado ciep (1)

Um projeto que visa disseminar conhecimento e aproximar estudantes do Poder Judiciário foi realizado pela segunda vez na sexta-feira, 30, no Fórum de São Sepé. Alunos da escola Francisco Brochado da Rocha (Ciep) desenvolveram na prática um Júri Simulado através do projeto “Poder Judiciário na Escola”.

A atividade foi acompanhada sob os olhares atentos do Juíz de Direito, Thiago Tristão Lima, e do Defensor Público, José Salvador Marks, além de pais de alunos e professores da instituição. A rotina pôde ser vivenciada recentemente por alunos do colégio Madre Júlia (MAJU), no início deste mês.

Na oportunidade desta sexta os estudantes puderam experimentar na prática como é ser um Promotor, Defensor Público e Juiz.

Depois de conhecer a realidade dos processos que tramitam no município e identificar quais as funções de cada cargo, os estudantes tiveram a oportunidade de debater, nos mesmos moldes de um júri, uma situação de conflito.

Uma história fictícia foi criada para que os participantes pudessem desempenhar as funções como se tudo estivesse acontecendo de verdade.

Durante sua fala antes do Júri Simulado começar, Thiago Tristão Lima disse que ficou surpreso e satisfeito com o desempenho dos alunos e salientou que o projeto não tem como objetivo influenciar na carreira dos estudantes, mas sim proporcionar um debate através do conhecimento acerca do Poder Judiciário.

A próxima escola a desenvolver o projeto será o Colégio Estadual São Sepé (CESS).

 

Quem participou do Júri Simulado?

Pela defesa: Guilherme Veleda, Jean Teixeira, Karolayne Resende, Daniela Trindade, Monique Henthigs e Lavínia Evangelho.

Pela acusação: Jéssica Daiane, Sabrina Oliveira, Abraão Veleda, Jordana e Elisângela.

Juiz: Josué Veleda

juri simulado ciep

juri simulado ciep (2)

 

 

Fotos: Bruno Garcia

 

Scherer imóveis igor