Adriana Aires

“O ano termina e nasce outra vez”

Com a frase da canção “Então é Natal”, começamos por refletir que o ano termina , mas nos dá sempre a chance de recomeçar ou começar algo novo.

O ano de 2015 está findando, hoje é o último dia, é a época que muitas vezes surgem os questionamentos, a culpa pelas promessas não cumpridas, pessoas reagem de uma forma como se o ano acabasse e não houvesse mais nenhuma chance de nada.

Porém, felizmente, o outro lado existe, a questão é se programar para seguir e tentar realizar no ano que virá o que não foi possível realizar agora, mas nunca desistir. Nem tudo aquilo que programamos para um ano acontece, o que não significa que outras coisas maravilhosas, que nem imaginávamos, acabaram por acontecer, esta é a roda da vida.

O que todos devemos levar em conta é que ao longo do percurso sempre haverá altos e baixos e todas as etapas são importantes, as boas para nos deixar com aquele sorriso estampado e a leveza na alma e as ruins para nos tornar fortes, sempre há um aprendizado.

A principal semente para que as coisas aconteçam é acreditarmos em nós mesmos e irmos em frente, com fé em Deus e perseverança.

Agora, logo ali, de mansinho, mas já apontando no horizonte, está chegando 2016. Vamos celebrar, mas também não vamos deixar de olhar para os anos passados, pois cada um nos trouxe um acréscimo no grande livro da nossa vida.

Vamos desejar com todas as nossas forças um ano novo mais tolerante, com menos violência, mais amor, e que o maior presente seja nos fazermos presentes na vida das pessoas.

Que 2016 venha com muita luz, esperança, saúde e paz a todos os leitores de O Sepeense. Que a felicidade e as vibrações pela vida celebradas na virada do ano aconteçam nos próximos 365 dias!

 

FELIZ 2016!!!