Abate de cachorro assusta moradores em bairro de Caçapava do Sul

anuncios - materia


Depois de seis anos da denúncia do jornal Gazeta de Caçapava sobre o abate de cães para venda da carne para consumo humano, novamente o assunto assustou os moradores do bairro Promorar, em Caçapava do Sul, nesta semana, após encontrarem um cachorro carneado na quarta-feira, 29, na Rua Marta Salete.

cachorro caçapava“É um absurdo isso. Será que novamente estão vendendo carne de cachorro no bairro?”, questionou um dos moradores que preferiu não se identificar. Ele informou ainda que haviam comentários que mais cachorros teriam sido encontrados recentemente carneados no Promorar.

“Minha cachorrinha, Siri, uma Poodle branca, que estava há 15 anos com nossa família sumiu. Tô com medo que ela tenha virado churrasco”, disse o morador Luis Antônio Araujo.

A equipe da Gazeta, ao chegar ao local onde o cachorro foi carneado, se deparou com vísceras, couro do animal e até um pedaço da pata.

 

O caso

A edição 521, publicada em 26 de junho de 2009 pelo Jornal Gazeta, denunciou um usuário de drogas que pegava os cachorros da vizinhança, carneava e vendia a carne a preço de custo como sendo paletas, costelas e quartos de porco ou de ovelha e até linguiça para moradores da cidade. A notícia foi repercutida em vários veículos de comunicação do país.

Na ocasião, inúmeros moradores relataram ter passado mal ao consumirem a carne de cachorro, que teria uma aparência “espumosa” ao ser preparada. O repórter da Gazeta conseguiu um pedaço da carne e entregou à Polícia Civil, que a mandou para perícia e constatou o crime, prendendo o acusado.

 

 

Fonte: Gazeta de Caçapava

 

Guilherme Motta